• Os métodos de barreira impõem um obstáculo físico para dificultar ou impedir o movimento dos espermatozóides em direcção ao ovário da mulher.

Imagem20

  Preservativo Masculino

  • O método de barreira mais popular é o preservativo masculino, uma cobertura colocada sobre o pénis.

Imagem21

  Preservativo Feminino

  • O preservativo feminino tem um anel flexível em cada extremidade — um permanece atrás do osso púbico, mantendo o preservativo em seu lugar, enquanto o outro permanece fora da vagina.

Imagem22

Diafragma

  • O diafragma é um anel flexível, coberto por uma membrana de borracha fina, que a mulher deve colocar na vagina, para cobrir o colo do útero.

Imagem23

Pílula

O que é a pílula? Como actua?

  • A pílula é um método contraceptivo muito seguro quando correctamente usado. É um comprimido que contém hormonas sintéticas semelhantes às que são produzidas pelos ovários das mulheres.

Imagem24

  • As hormonas que compõem a pílula têm como missão principal suspender a produção hormonal normal, impedindo a ovulação, ou seja a libertação mensal do óvulo.
  • Ora se não existem óvulos, não pode haver fecundação e, logo, gravidez.

Imagem25

De que forma afecta a pílula o ciclo menstrual?

  • Geralmente, o uso da pílula permite regularizar o período menstrual, ou seja, os dias de hemorragia passam a ser certos, diminuindo ao mesmo tempo a quantidade de fluxo menstrual (quantidade de sangue que é expelido pela vagina).

Imagem26

  •  Por outro lado, no caso de antes de tomar a pílula haver perturbações e irregularidades menstruais, estas devem desaparecer com o seu uso.
  • É muito pouco frequente que não suceda a menstruação, sobretudo se a pílula for tomada correctamente de acordo com as instruções que tiveres recebido. Se isto se verificar, a possibilidade de uma gravidez é muito reduzida.

Imagem27

Anúncios
%d bloggers like this: